Programa de identificação e tratamento da dislexia e do TDAH nas escolas

Merisio e a sua esposa, Márcia, sempre falam com muito orgulho do programa de identificação e tratamento da dislexia, do déficit de atenção e da hiperatividade (TDAH) que implementaram na EMEB Pequeno Príncipe, de Xanxerê, na década de 90. Envolvendo professores, psicólogos e outros profissionais capacitados, conseguiram um ótimo resultado, melhorando o aprendizado de várias crianças. Como toda boa iniciativa, tem que ser levada para mais lugares. Por isso, Merisio apresentou e batalhou pela aprovação da Lei nº 14.658 e da Lei nº 15.113, estendendo para todo o estado esse programa.