Diminuição do duodécimo da ALESC

Por negociação de Merisio, desde 2017 a Assembleia Legislativa passou a abrir mão, permanentemente, de parte do seu duodécimo em favor do TJSC e do MPSC, o que representa 0,17% pontos a menos no seu percentual fixo, hoje de 4,34% da arrecadação do Estado. Apenas em 2017, esta renúncia representou R$ 35 milhões. Com esse gesto, Merisio deixa clara a eficiência dos cortes de gasto que promoveu na Assembleia Legislativa durante a sua gestão.