Em Lages, cerca de mil pessoas recebem encontro da coligação “Aqui é Trabalho”

Liderada pelo candidato ao governo Gelson Merisio (PSD) e pelo vice João Paulo Kleinübing (DEM), a coligação “Aqui é Trabalho” reuniu cerca de mil pessoas na noite de quinta-feira (16), no Centro de Eventos Centroserra, em Lages. O encontro macrorregional, realizado na terra do ex-governador Raimundo Colombo (PSD), candidato ao Senado ao lado de Esperidião Amin (PP), marcou a largada da campanha para as Eleições 2018. Candidatos a deputado estadual e deputado federal pela aliança construída pelo PSD, PP, DEM, PSB e outras 11 legendas também acompanharam a programação. A agenda foi a última do dia – os quatro candidatos também tiveram compromissos em outras três cidades da região.

Merisio focou seu discurso nos desafios que serão enfrentados pelo novo governador, em especial o enxugamento da máquina pública, como a extinção das agências regionais. “Essas mudanças terão que ser implantadas, ou correremos o risco de vermos nossas melhores características irem se esvaindo e vamos perdendo o orgulho de sermos catarinenses”, afirmou o candidato a governador.

O candidato completou seu discurso lembrando a importância de ampliar a atuação do Estado onde é mais necessário. “O governador Raimundo Colombo construiu uma maternidade nova aqui em Lages. Não é só um prédio a mais, é praticamente um hospital todo. Agora precisamos ativá-la, colocá-la em funcionamento na sua plenitude. O governo precisa de menos burocracia e mais entrega de serviço público na ponta, para a população”, afirmou Merisio.

“Muito prazer em estar aqui em Lages com meu companheiro de caminhada Gelson Merisio”, disse João Paulo Kleinübing, que acompanha agendas ao lado de Merisio, Amin e Colombo desde a última quarta-feira.

“Esse time aqui enfrentou o pior da crise sem aumentar impostos e protegendo o emprego. Temos o menor nível de desemprego do Brasil. E eu não tenho dúvida que o Merisio tem todas as qualidades para liderar essa nova caminhada. Tem autoridade, tem conhecimento e saberá manter o que deu certo e cortar o que não funcionou”, afirmou Raimundo Colombo.

Dia cheio na aliança do 55

Por volta das 8h30 da manhã desta quinta-feira, cerca de 70 pessoas se reuniram EM Braço do Norte, no Sul do Estado, para a primeira reunião política após a liberação da campanha para pedir votos. Presentes prefeitos da região, vereadores e outras lideranças do PSD, PP, PSB e DEM e demais 11 legendas que integram a coligação “Aqui é trabalho”, que tem Gelson Merisio como candidato a governador.

“Acho que essa é a primeira reunião política de Santa Catarina. Talvez seja até a primeira do Brasil. Porque não é qualquer um que consegue reunir tantos amigos assim cedo na manhã”, disse Raimundo Colombo

A comitiva com os quatro candidatos da majoritária da aliança seguiu para Urubici, na Serra Catarinense, uma reunião com partidários que agregou cerca de 40 pessoas. Marcaram presença novamente Merisio, João Paulo Kleinubing (DEM), candidato a vice governador, e os candidatos ao Senado, Esperidião Amin (PP) e Raimundo Colombo (PSD).

“O Raimundo disse uma coisa muito importante. Ele tem convicção de que podemos ganhar. E isso vai ser bom para o Estado. A dupla que apoiamos é forte e será capaz de renovar não só em idade mas em métodos as ações do governo”, disse Esperidião Amin.

Após um almoço rápido, mais um compromisso. Uma caminhada com mais de 50 pessoas pelo centro de São Joaquim, também na região Serrana. Os candidatos conversaram com a população nas praças e entraram nos comércios para marcar o primeiro dia de campanha “corpo a corpo”, que nesse ano é mais curta, terá pouco mais de um mês e meio.

 

Foto de Luis Debiasi

Foto de Luis Debiasi

Foto de Luis Debiasi